Os mitos e crenças sobre o banho para gestantes!


Os mitos e crenças sobre o banho para gestantes!



TEXTO TRANSCRITO DO VÍDEO: "Você recebeu a grande notícia, sua vida vai mudar completamente de agora em diante.

Nos primeiros meses os enjoos ao longo do dia são os piores sintomas, a gravidez vai evoluindo e com isso novas sensações vão surgindo.

Você sente muito sono e a canseira dificulta muito seus afazeres. A ansiedade para conhecer o seu filho só aumenta a cada dia.
Você está com dores nas costas, sensação de estar inchada, seus pés estão tão doloridos que você nem sente mais vontade de andar… Seu maior desejo nesses dias não é por uma comida e sim por um tratamento de spa dentro da sua casa.

Você quer sentir a água tratando seu corpo e a mente, relaxar seus músculos e melhorando as dores… Mas lembre-se a temperatura do banho ou da sauna não podem ser superiores a 30 graus, para não prejudicar o bebê ou cair a sua pressão.
Podemos te ajudar nesse momento especial, para saber mais dicas e equipamentos agende uma consulta com o Personal do Banho.

A hora do banho além de terapêutico pode te ajudar nas oscilações de humor, também é um ótimo momento para hidratar a pele e evitar as estrias que podem surgir nesse momento da gravidez."








O nascimento de um bebê é o momento mais esperado de uma gravidez e o desejo de toda mãe é que a chegada do seu filho aconteça de uma forma leve que envolva amor, afeto e respeito.

Durante os nove meses de gestação, a mulher é bombardeada por informações, muitas delas não passam de crendices populares e apenas aumentam as dúvidas da futura mamãe. Muitas destas crenças são ligadas ao banho.

Veja só algumas delas:

Grávida não pode tomar banho em piscina quente para não entrar em trabalho de parto. 

Mito: Banho quente não estimula o parto em nenhuma fase da gravidez. Já para as mulheres em trabalho de parto, entrar na água morna é positivo, já que ajuda a relaxar.

 

A mulher deve evitar fazer sauna durante a gravidez? 

Meia verdade. “Sauna e gravidez podem combinar desde que a atividade seja feita a uma temperatura relativamente baixa. Não é recomendado usar saunas com temperaturas acima dos 30 graus. É importante observar que as grávidas que têm tendência natural à pressão baixa ficam mais suscetíveis a desmaios e a sensação de mal-estar.”

 

Grávida pode tomar banho de hidromassagem?

Meia verdade: Por precaução, durante toda a gravidez, é recomendado não usar temperatura superior a 30 graus  em banhos de ofurôs e banheiras de hidromassagem. Isso porque há indícios de que o aumento excessivo de temperatura corporal da mãe, principalmente no primeiro trimestre de gestação, pode prejudicar o bebê. E também em  ambientes muito quentes, as grávidas têm uma tendência natural a pressão baixa,  consequentemente, ficam mais suscetíveis a desmaios e sensação de mal-estar. Um bom jeito de avaliar a temperatura da água é colocar o pé primeiro e ver e ele entra com facilidade, sem aquela sensação de que precisa ir aos poucos para não se queimar. Estando ciente destes cuidados, o banho de banheira para a gestante é ideal para relaxar e aliviar dores nas pernas e nas costas. E hoje em dia, cada vez mais, a banheira (sem hidromassagem) está sendo muito utilizada em salas de parto humanizado.

 

Se identifica com esse perfil?

Então fale com nosso Personal do Banho e conheça soluções de banho sob medida para o seu dia-a-dia!

 

Entre em contato